Notícias

Pequenas e médias empresas paulistas podem exportar via Zona Franca de Dubai
10/11/2016

 

Investe SP firma parceria e empresas de São Paulo podem usar escritórios, segurança e apoio técnico nos Emirados Árabes

 

Pequenas e médias empresas paulistas poderão utilizar escritórios na Zona Franca de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Essas bases servirão como vitrines para as empresas mostrarem e negociarem seus produtos com compradores de seus produtos nos países do Oriente Médio, Norte da África e Ásia. Este Termo de Cooperação foi assinado em Dubai, nesta quarta-feira (9), pela Investe São Paulo e a DP World, que administra a Jebel Ali Free Zone (Jafza), conhecida como a Zona Franca do Porto de Dubai, e uma das mais ativas do mundo.

O documento assinado prevê que as empresas paulistas usem as instalações com desconto de 35% do preço de mercado e também possam usufruir da segurança, apoio local e inteligência comercial de especialistas nesses mercados.

A assinatura do Termo de Cooperação aconteceu durante o Global Business Forum Latin America e no evento foi exibida uma apresentação sobre o potencial de São Paulo com o objetivo de atrair novos investimentos para o Estado.

O sultão Ahmed Bin Sulayem destacou que as relações comercias entre Jafza e o Brasil atingiram a marca dos 764 milhões de dólares em 2015 e tendem a crescer nos próximos anos a partir do compromisso firmado com a Investe SP.

A primeira missão do Brasil aos Emirados Árabes foi realizada em 2004 quando Juan Quirós era presidente Apex-Brasil. "Mas o antigo sonho do País de ter uma plataforma de exportação no Oriente Médio se concretiza agora por orientação do governador Geraldo Alckmin, que incentiva a inserção das empresas paulistas no mercado internacional. Empresas e Estados parceiros da Investe SP terão acesso a esta plataforma", ressaltou o presidente da Investe SP Juan Quirós.

Do Portal do Governo do Estado