Notícias

Alckmin dá posse a 722 policiais civis e técnico-científicos
21/11/2016

 

Com a posse de mais 113 profissionais na próxima semana, Polícia Civil contará com um total de 835 novos colaboradores

 

O governador Geraldo Alckmin deu posse nesta segunda-feira, 21, a 722 novos policiais civis e técnico-científicos. Para a Polícia Civil, o reforço será com 587 novos agentes: 80 delegados, 120 investigadores e 387 escrivães. Já para a Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC) são mais 135 agentes, sendo 35 médicos legistas, 25 peritos, 50 auxiliares de necropsia e 25 fotógrafos. Na próxima segunda-feira, 28, serão empossados mais 20 técnicos de laboratório e 93 oficiais administrativos que auxiliarão nos trabalhos.


"Nossa prioridade é segurança e, não por acaso, São Paulo é o primeiro Estado do país em índices de segurança pública, em todos os indicadores. O Brasil tem mais de 20 homicídios por cada 100 mil habitantes/ano. São Paulo tem 8,7 e é o único Estado que possui o índice abaixo de 10. Isso é fruto de muito trabalho e muita dedicação", afirmou o governador.


Os futuros policiais civis e científicos iniciam agora um curso de formação de cerca de quatro meses na Academia de Polícia Civil Dr. Coriolano Nogueira Cobra (Acadepol). Além das aulas, os alunos passarão por um período de estágio.


Durante o curso, os alunos terão aulas de disciplinas como criminalística, criminologia, direitos humanos, inteligência, investigação e inquérito policial, entre outras.


Depois de formados, os novos policiais serão designados para unidades das polícias Civil e Técnico-Científica, de acordo com a classificação final do curso na Academia e da necessidade de cada região


Desde 2011, o Governo do Estado investiu na contratação de 3.638 policiais civis e 692 técnico-científicos. Há mais 37 policiais civis e técnico-científicos em formação na Academia de Polícia.


Do Portal do Governo do Estado