Notícias

IPEM-SP reprova 16% dos produtos típicos das ceias de final de ano
18/12/2016

 

Durante a operação Boas Festas, agentes constataram diferença entre o peso real e o indicado na embalagem

 

Em operação realizada entre os dias 12 e 13 de dezembro, especialistas do IPEM-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) reprovaram 16% dos produtos típicos das ceias de final de ano, como panetones, frutas secas da época, biscoitos e chocolates em embalagens natalinas e enfeites natalinos, entre eles, papel de presente, guardanapo, cordões e fitas decorativas.

Na operação batizada de Boas Festas, agentes verificaram a fidelidade das indicações de quantidade nas embalagens dos produtos típicos de fim de ano. A força tarefa aconteceu em todo o Estado a fim de coibir a comercialização de itens com informações em desacordo com a legislação vigente.

Em 2015, foram reprovados 32 (30%) dos 106 produtos típicos das ceias de Natal e Ano Novo, analisados nos laboratórios do IPEM-SP. Este ano foram verificados 92 itens, sendo reprovados 15 deles (16%).

As empresas autuadas têm dez dias para apresentar defesa ao órgão. As multas podem variar de R$ 100 a R$ 1,5 milhão, dobrando na reincidência.

Confira abaixo a lista com irregularidades

- No laboratório da capital, foram examinados 32 produtos, sendo reprovado um (3%), por diferença entre o peso real e o indicado na embalagem;
- Em Bauru, foram examinados 20 produtos, sendo reprovados quatro (20%), por diferença entre o peso real e o indicado na embalagem;
- Em Ribeirão Preto, foram examinados 20 produtos, sendo reprovados oito (40%), por diferença entre o peso real e o indicado na embalagem;
- Em São José do Rio Preto, foram examinados 20 produtos, sendo reprovados dois (10%), por diferença entre o peso real e o indicado na embalagem.

Do Portal do Governo do Estado