Notícias

Coronel Helena toma posse como secretária da Casa Militar
19/01/2017

 

Com 28 anos de carreira, ela representa a ascensão da mulher na Polícia Militar do Estado de São Paulo

 

“Socorrer pessoas, lidar diretamente com perdas, conviver com a morte, reduzir sofrimento, trazer a luz uma criança, deter quem ameaça inocentes, quem corrompe a vida, a juventude e compromete o futuro das nossas crianças por meio das drogas. Além de parar aquele que agride a mulher e que discrimina o diferente…nunca perder a humanidade, a delicadeza, a amizade, o sentido de família e solidariedade. Nunca esquecer que hierarquia das nossas funções nos diferencia mas a fragilidade da vida nos iguala”.

Foram com essas palavras que a coronel Helena dos Santos Reis tomou posse do cargo de secretária da Casa Militar. A segunda mulher a comandar – a primeira foi a coronel Fátima Dutra em 2006 – a Casa Militar e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil substitui o coronel José Roberto. “A coronel Helena tem a Polícia Militar no DNA, é filha e irmão de militar. E com sua formação e experiência aliada a uma virtude exclusiva de seu gênero, a sensibilidade feminina, a Coronel Helena com certeza fará uma grande gestão. Seja muito bem-vinda”, comemorou o governador Geraldo Alckmin durante o evento de posse.

Ela representa a ascensão da mulher na Polícia Militar. O primeiro corpo feminino da América Latina foi criado em 1955 no Estado de São Paulo. No começo, elas realizavam trabalhos internos, atendimento a mulheres, menores, idosos ou pessoas com deficiência. Mas rapidamente foram assumindo outras tarefas. Agora, participam do policiamento lado a lado com os homens e são 12% da tropa. “Me sinto feliz mas ao mesmo tempo sei do tamanho da responsabilidade de assumir uma pasta como esta. Mas é uma oportunidade de ajudar pessoas, que é a essência do trabalho policial”, disse a coronel.

Carreira

Nascida em São José do Rio Preto, Helena ingressou na Academia do Barro Branco em 1989. Após os quatro anos iniciais de formação, atuou até 1994 na região central da capital paulista. Em 1995, foi transferida para Catanduva e depois São José do Rio Preto, onde permaneceu desde então.

Em 2014, foi chefe da 3ª Seção do Estado Maior. Promovida a coronel em março de 2015, Helena tornou-se responsável pelo curso de formação de Sargentos e, em maio do mesmo ano, comandante do Policiamento do Interior 5.

Do Portal do Governo do Estado