Notícias

#SP463: Parques urbanos são opção de lazer para toda família
25/01/2017

 

É possível entrar em contato com áreas naturais, com paisagens verdes, fauna e flora, sem a necessidade de percorrer grandes distâncias

 

Entre as inúmeras atrações de lazer e cultura que a cidade de São Paulo oferece, os parques urbanos são boas alternativas de divertimento e passeio ao ar livre. Em alguns é possível levar os animais de estimação e até fazer um piquenique.

A grande vantagem dos parques urbanos é propor aos moradores a opção de visitar áreas naturais, com paisagens verdes, fauna e flora, sem a necessidade de percorrer grandes distâncias.

Confira algumas sugestões de parques urbanos em meio a selva de pedra:

Parque Estadual Alberto Löfgren (Horto Florestal)

Visitar o Parque Alberto Löfgren, mais conhecido como Horto Florestal, agrada a todos os sentidos. A ampla vegetação e a diversidade que se encontra ali fazem bem aos olhos e ao coração.

Uma rica biodiversidade composta por árvores centenárias, espécie exóticas e nativas como o pau-brasil, carvalho-nacional, pau-ferro, ente outras, atrai ainda animais e aves silvestres como tucanos, maritacas, jacus, capivaras, esquilos, bugios, macacos-prego, garças, socós e mergulhões.

O visitante pode percorrer o Museu Florestal Otávio Vecchi e ver o marco do trópico de Capricórnio, que passa pelo parque.

Além disso, o local mantém um Núcleo de Educação Ambiental que desenvolve visitas monitoradas. Agendas pelo telefone (11)2231-8555, ramais 2028/2182 e 2056.

Endereço: Rua do Horto, 931, Horto Florestal

Parque da Água Branca

Tombado como patrimônio histórico, cultural e arquitetônico, conta com parque infantil, aquário e espaço de leitura com livros à disposição do visitante. É possível conhecer a Casa do Caboclo, uma réplica das residências da zona rural, e ainda encontrar galinhas, patos e pavões circulando livremente pelo parque.

Endereço: Av. Francisco Matarazzo, 455, Água Branca

Parque Villa-Lobos

Localizado na região Oeste da Capital, o parque Villa-Lobos é uma das melhores opções de lazer ao ar livre da cidade. O local, que abrange uma área de 732 mil m², possui ciclovia, quadras, campos de futebol e playground.

No Circuito das Árvores, uma passarela elevada – que chega a 3,5 metros de altura e 120 metros de extensão – o visitante vê, do alto, árvores nativas da Mata atlântica, com oportunidade de apreciar pássaros de perto.

A área de lazer inclui ainda aparelhos para ginástica, pista de cooper, tabelas de street basketball e um anfiteatro aberto com 750 lugares, sanitários adaptados para deficientes físicos e lanchonete. O Parque Villa-Lobos foi um dos primeiros da cidade a ser adequado à acessibilidade de pessoas com necessidades especiais.

Endereço: Av. Professor Fonseca Rodrigues, 2.001, Alto de Pinheiros

Parque da Juventude

O Parque da Juventude mudou a paisagem da Zona Norte ao substituir o Complexo Penitenciário Carandiru por área de lazer e entretenimento. No lugar, transformado em um complexo cultural e recreativo, conta com equipamentos para prática de exercícios, quadras poliesportivas, bicicletário e um espaço para cães.

Quem for ao parque pode acessar a internet de graça no posto do Acessa SP, participar de cursos gratuitos no prédio da Etec ou curtir a Biblioteca de São Paulo, que tem disponível uma gibiteca e outras atrações para adultos e crianças.

Endereço: Avenida Cruzeiro do Sul, 2.630 – Santana – São Paulo (ao lado do metrô Carandiru)

Parque Ecológico do Tietê – Zona Leste

Considerado uma das maiores reservas ambientais do Estado, o Parque Ecológico do Tietê serve de bacia de acumulação de água para o rio, evitando enchentes.

O local, que foi inaugurado em 1982, também abriga o Centro de Educação Ambiental, o Centro Cultural, o Museu do Tietê, uma biblioteca e o Centro de Recepção de animais silvestres.

Endereço: Rua Guirá Acangatara, 70, Cangaíba, São Paulo

Do Portal do Governo do Estado