Notícias

Tribunal de Justiça inicia ano judiciário em 2017
01/02/2017

 

Alckmin elogia TJ-SP e destaca atuação conjunta com o Executivo, responsável por dar mais agilidade à condução dos processos judiciais

 

Com transmissão ao vivo pela Internet, o Tribunal de Justiça (TJ-SP) iniciou nesta quarta-feira (1) os trabalhos em 2017 do judiciário paulista. O governador Geraldo Alckmin participou da cerimônia e elogiou a atuação do TJ-SP. “Somos um Estado do tamanho do Brasil. O TJ-SP é o maior tribunal de justiça do mundo, e não apenas o maior, mas também grande em competência, na sua escola de juristas, professores e de profundos conhecedores do direito”, disse Alckmin.

O ano judiciário de 2017 começou de um jeito diferente. Ao contrário dos outros anos, em seguida à abertura dos trabalhos, foi realizada a primeira sessão do Órgão Especial, constituído por 23 desembargadores, incluindo o presidente, 12 dos mais antigos desembargadores e mais 12 eleitos. Nesta quinta-feira (2) o TJ-SP promove a primeira sessão do Conselho Superior da Magistratura, conduzida pelo presidente do tribunal, o desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti.

Em 2016, o TJ-SP bateu por duas vezes o recorde de produção, nos meses de junho e agosto. Um dos fatores que colaborou para o resultado foi o processo de cadastramento digital dos processos e de treinamento dos servidores do tribunal.

Alckmin destacou o trabalho de colaboração entre Executivo e Judiciário no Estado: “Parceria na mediação para evitar a judicialização excessiva, o Acessa SUS, para podermos resolver na área processual da saúde; parceria no Cratod (Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas), no atendimento de dependentes químicos, com a participação também da família, enfim, nós temos inúmeros trabalhos em conjunto”.

O Estado de São Paulo possui 20 milhões de processos judiciais em andamento. Para analisar essa quantidade de processos, o Judiciário paulista conta com 357 desembargadores e 2.180 juízes de 1ª e 2ª instâncias. São 319 comarcas e 1.501 varas instaladas.

Do Portal do Governo do Estado