Notícias

Metrô terá 40 estações com wifi gratuito a partir de 5 de fevereiro
02/02/2017

 

Serviço de Internet grátis no Metrô será ampliado e terá capacidade para receber mais de 400 acessos simultâneos

 

A partir do próximo dia 5 de fevereiro, os usuários do Metrô de São Paulo poderão contar com mais uma facilidade oferecida pelo Governo do Estado. Graças a uma parceria com a iniciativa privada, a oferta de wifi gratuito será ampliada para 40 estações da rede, totalizando 34 novas estações com Internet gratuita.

Além disso, as seis estações que já dispõem do serviço terão a cobertura do sinal aumentada, com a substituição dos equipamentos. A primeira etapa do projeto vai começar com 20 estações que terão o sinal disponível tanto nas áreas livres como nas áreas pagas, com exceção das plataformas. “Serão 40 estações de metro com wifi gratuito, inclusive nas áreas livres das estações, menos nas áreas de embarque por questão de segurança”, disse o governador Geraldo Alckmin.

As outras 20 estações passarão a contar com o wifi a partir do dia 19 de fevereiro. A princípio, o sinal será aberto em caráter de teste, possibilitando aperfeiçoamentos técnicos ao longo desse período. A operação plena do novo serviço de wifi no Metrô será iniciada no dia 1º de março nas 40 estações, divididas pelas linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 5-Lilás.

O wifi no Metrô vai oferecer Internet com velocidade média de 1mbps, suficiente para uma boa experiência de navegação em sites, redes sociais, aplicativos de comunicação e envio de e-mails. As estações terão capacidade para receber mais de 400 acessos simultâneos, em média. Nas estações de maior fluxo, essa capacidade deve superar dois mil usuários, graças a infraestrutura instalada de fibra óptica e equipamentos de propagação de wifi para alta densidade de usuários, similares aos utilizados no Metrô de Paris e no Eurotúnel.

Como se conectar

O usuário deverá fazer um cadastro com nome, e-mail e telefone, além de aceitar as condições de uso na tela que abrirá automaticamente após a seleção do wifi gratuito da estação. Também será possível usar os dados do Facebook ou Linkedln para o cadastro. Cada pessoa poderá usar a rede por 15 minutos. Após esse período, a reconexão pode ser feita a qualquer momento e será exibida uma página com a mensagem “Bem Vindo de Volta”, evitando que um novo cadastro seja feito. Não há limitação do número de acessos.

Para o lançamento do projeto, as estações Sé, Brás e Ana Rosa contarão com áreas para atender os usuários. Na Sé, o local será ambientado com adesivos de árvores nas colunas, grama no piso, além de banquetas, cadeiras de praia e carregadores para celular. Já na Brás e Ana Rosa, o modelo adotado será com demarcação colorida de piso, carregador de celular e banquetas. A instalação desses espaços de convivência dependerá do interesse e investimento dos patrocinadores.

Estações com wifi ativado a partir de 5 de fevereiro

Linha 1-Azul: Armênia, São Joaquim, Vergueiro, Paraíso, Ana Rosa, Santa Cruz, Santana e Jabaquara.
Linha 2-Verde: Brigadeiro, Trianon-Masp, Tamanduateí e Vila Prudente.
Linha 3-Vermelha: Marechal Deodoro, Santa Cecília, Brás, Patriarca, Carrão, Vila Matilde, Guilhermina-Esperança e Sé.

Estações com wifi ativado a partir de 19 de fevereiro

Linha 1-Azul: São Bento, Luz, Portuguesa-Tietê, Vila Mariana e Tucuruvi.
Linha 2-Verde: Consolação, Clínicas, Vila Madalena e Sacomã.
Linha 3-Vermelha: Tatuapé, Corinthians-Itaquera, Artur Alvim, Penha, República, Anhangabaú, Bresser, Belém e Palmeiras-Barra Funda.
Linha 5-Lilás: Santo Amaro e Largo Treze.

Do Portal do Governo do Estado