Notícias

SP firma acordo com Goiás para alteração de legislação ambiental
02/02/2017

 

Reservas Privadas de Desenvolvimento Sustentável permitirão pesquisas científicas, passeios turísticos, recreativos e educacionais

 

A fim de fortalecer os pilares da sustentabilidade, os governos de São Paulo e Goiás acabam de firmar um acordo mútuo para a criação de Reservas Privadas de Desenvolvimento Sustentável. O convênio foi assinado nesta quinta-feira (2) pelos governadores Geraldo Alckmin e Marconi Perillo durante o Fórum de Governadores do Brasil Central, realizado em Goiás.

Esta iniciativa inédita vai oferecer aos proprietários de terras a possibilidade de transformar áreas ambientais em reservas sustentáveis. As chamadas Reservas Privadas de Desenvolvimento Sustentável (RPDS’s) são áreas privadas que têm como objetivo a conservação da diversidade biológica e da cobertura vegetal com espécies nativas e, ao mesmo tempo, assegurar as condições para a exploração dos recursos naturais de maneira sustentável.

Como funcionará?

Poderão ser realizadas, nessas reservas, pesquisas científicas, passeios turísticos, recreativos e educacionais. Além de atividades de baixo impacto ambiental, definidas no Código Florestal.

Paralelamente, os dois Estados unirão esforços para pressionar o Conama para que a nova categoria seja reconhecida como unidade de conservação. Também será solicitado, ao Congresso Nacional, a inclusão da nova categoria no Sistema Nacional de Unidades de Conservação – SNUC.

Do Portal do Governo do Estado