Notícias

Saiba como é feita a produção dos livros das escolas públicas
24/02/2017

 

Imprensa Oficial de São Paulo é responsável pela impressão de mais de 60 mil livros por ano distribuídos nos 645 municípios do Estado

 

Com o compromisso de garantir material didático aos alunos das escolas públicas no primeiro dia de aula, a produção dos livros passou a acontecer nas dependências da Imprensa Oficial de São Paulo. Lá, são diagramados e impressos, pelo menos, 60 mil unidades por ano.

Todo o processo conta com a participação direta de 700 pessoas, entre designers, jornalistas, revisores, operadores de máquina e equipe de logística. Esta última tem atenção redobrada para que os 645 municípios paulistas recebam o livro na data planejada. E, claro, antes do início das aulas.

“Tenho grande orgulho deste projeto estar aqui na Imprensa Oficial. Primeiro pelo que ele representa para a própria Imprensa Oficial, é o maior projeto que nós temos e também para educação do país”, afirma Maria Felisa Gallego, presidente da Imprensa Oficial.

Nas dependências da Imprensa Oficial, as máquinas não param. Durante três turnos, colaboradores trabalham atentos a cada detalhe da produção. Antônio Carlos Batista é um dos que se dedicam para que o produto final tenha qualidade e acabamento impecável.

Aos 70 anos de idade, 30 deles dedicados ao trabalho na Imprensa Oficial, ele sai de Guarulhos rumo à zona leste todos os dias e sente orgulho do projeto. “Nós estamos ajudando a alfabetizar crianças e isso é maravilhoso”, diz Batista.

“Poder estar neste projeto é uma coisa muito motivadora. A equipe toda está comprometida e saber que o livro chegou no seu destino final com sucesso e o aluno no primeiro dia de aula pode contar com o livro impresso e com boa qualidade é a certeza que nosso compromisso foi atingido”, comemora Umberto Coppola, gerente gráfico do órgão.

Do Portal do Governo do Estado