Notícias

Acordo viabiliza conceito de cidade inteligente nos municípios paulistas
09/03/2017

 

Ideia é levar inovação tecnológica, atrair mais investidores, melhorar o desenvolvimento sociocultural e os serviços prestados

 

Com o objetivo de facilitar a implantação do conceito de cidade inteligente nos 645 municípios do Estado de São Paulo, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD), a Informática de Municípios Associados (IMA) e a Associação Paulista de Municípios (APM) acabam de firmar um acordo.

A ideia é unir esforços para levar inovação tecnológica às cidades, de modo a atrair investidores, melhorar o desenvolvimento sociocultural e os serviços prestados aos cidadãos. “Por meio desse convênio tripartite, a Associação prestará o serviço de levar a proposta ao município; o CPqD fará o projeto e a IMA será a provedora dos serviços implementados”, explica o presidente da APM, Carlos Cruz, acredita na importância da parceria e como ela pode beneficiar as cidades do Estado.

Para o vice-presidente de Comercial e de Desenvolvimento de Negócios do CPqD, José Eduardo Azarite, afirma esse projeto tem como resultado uma plataforma aberta, extensível e que fomenta o ecossistema de inovação aberta, por meio do empreendedorismo de base tecnológica. “Com este convênio, a Plataforma IoT para Cidades Inteligentes estará disponível para todos os municípios do Estado de São Paulo, por intermédio da infraestrutura da IMA e da capilaridade e representatividade da APM”, comenta.

De acordo com o presidente da IMA, Fernando Garnero, destaca que existem várias linhas para financiamento de projetos dentro do conceito de cidades inteligentes – alguns a fundo perdido -, que poderão ser utilizadas pelos municípios.

Para o CPqD, um dos principais benefícios do convênio será a possibilidade de disponibilizar, para os inúmeros municípios paulistas, a Plataforma de Internet das Coisas (IoT) para Cidades Inteligentes, desenvolvida com o apoio do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funtell).

Do Portal do Governo do Estado