Notícias

Alckmin recebe pres. da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha
11/04/2017

 

No encontro, foram apresentadas conclusões do estudo sobre perspectivas da economia brasileira e oportunidades de investimentos

 

O governador Geraldo Alckmin recebeu nesta terça-feira (11) o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha e vice-presidente-executivo da Bosch, Wolfram Anders. Durante o encontro no Palácio dos Bandeirantes, foram apresentadas as conclusões do estudo sobre as perspectivas e oportunidades da economia brasileira, além das ações de uma agenda alemã em conjunto com o governo paulista.

Anders estava acompanhado de Martin Duisberg, representante-chefe do DZ Bank, Ralph Schweens, presidente para a América do Sul da BASF, Thomas Timm, vice-presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, e Lars Grabenschröer, vice-presidente de Marketing e Vendas da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha.

Pela delegação paulista, participaram do encontro o vice-governador Márcio França, o secretário de Governo Saulo de Castro, a subsecretária de Parcerias e Inovação Karla Bertocco e a chefe da Assessoria Especial para Assuntos Internacionais Ana Paula Fava.

O último encontro do governador Alckmin com uma autoridade alemã aconteceu em março deste ano, quando recebeu o embaixador da Alemanha no Brasil Georg Witschel. Durante o encontro, foram discutidas as relações bilaterais entre as regiões.

São Paulo – Alemanha

Atualmente, as cerca de 900 empresas alemãs na Grande São Paulo empregam aproximadamente 250 mil pessoas, tornando a região uma das maiores áreas industriais alemãs fora da Alemanha. Os principais setores das empresas em São Paulo são de máquinas e equipamentos, químico e farmacêutico, financeiro e bancário.

O último acordo de cooperação entre São Paulo e Alemanha foi firmado em julho do ano passado, entre a Investe São Paulo e a Invest in Bavaria. O documento estabelece ações conjuntas para a promoção de investimentos, divulgação de atividades e incentivo às relações econômicos entre as regiões.

Do Portal do Governo do Estado