Notícias

Cartas de ex-presos políticos contam a história recente do país
16/05/2017

 

Exposição no Memorial da Resistência reúne correspondências, fotos e outros materiais sobre o período de exceção de 1964 a 1985

 

A Exposição “Carta Aberta – correspondência na prisão” exibe a correspondência trocada entre presos políticos e familiares durantes os anos de 1969 a 1974. Em exposição no Memorial da Resistência, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a mostra exibe também fotografias, cartões comemorativos e de solidariedade, artesanatos produzidos na prisão, uma obra “Carta a Sergio Ferro” (1973), do artista e preso político Alípio Freire, e um testemunho sobre a importância das correspondências trocadas durante o regime militar, da ex-presa política Maria Aparecida da Costa Cantal.

O objetivo da exposição é contar a história sobre um momento crucial na vida de pessoas que lutaram pelos ideais de liberdade e democracia, durante o período de 1964 a 1985 no Brasil. Compõem a mostra aproximadamente 70 cartas que foram guardadas por mais de 40 anos por ex-presos políticos e seus familiares.

A exposição vai até setembro deste ano, período em que ainda estão sendo coletadas outras correspondências. As cartas são apresentadas na forma de antologia, selecionadas com base em fatos marcantes, como a chegada à prisão; os cuidados para informar sem demonstrar demasiada preocupação; as inúmeras descobertas e superações individuais e coletivas; a angústia sentida entre as diversas transferências; e os processos de julgamento, antes da aguardada libertação.

A curadoria é de Kátia Felipini e Luiza Giandalia e comunicação visual da Zol Design. A estrutura da exposição foi pensada na forma de um roteiro, que pode ser seguido pela numeração dos painéis, ou por meio de visita independente, permitindo outros trajetos de leitura, uma vez que os assuntos tratados perpassam todas as cartas.

SERVIÇO
Exposição Carta Aberta – correspondências na prisão
De quarta a segunda-feira, das 10h às 18h
Até 18 de setembro de 2017
Memorial da Resistência de São Paulo
Sala 2 – 3º andar
Largo General Osório, 66, Luz, São Paulo
Entrada gratuita

Do Portal do Governo do Estado