Notícias

Parques estaduais irão receber reforço no policiamento
26/05/2017

 

No evento, que aconteceu no parque Villa-Lobos, também foi inaugurada a primeira usina solar instalada em parque público no Brasil

 

Duas boas notícias para São Paulo. A primeira é que, a partir de agora, os parques estaduais da região metropolitana terão reforço no policiamento com a abertura de 480 vagas para atuar na ação Dejem (Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial).

Além disso, o Parque Cândido Portinari recebeu uma minicentral fotovoltaica de 531 quilowatts-pico (kWp), que vai gerar economia de R$ 270 mil por ano de energia elétrica. Os anúncios das novas ações do governo estadual foram feitos na manhã desta sexta-feira (26) nas proximidades da minicentral.

“Polícia Militar passa a reforçar a segurança de 12 parques de São Paulo e da região metropolitana. Não vamos gastar nada, o próprio trabalho feito aqui no parque será através dos aluguéis que a Secretaria do Meio Ambiente está licitando e com este valor vamos pagar a Dejem. É um processo de ganha-ganha”, afirmou o governador Geraldo Alckmin. “E com a implantação das energias fotovoltaicas aqui no Parque Portinari vamos economizar R$ 270 mil por ano de energia elétrica”, comemorou.

Como funciona o Dejem?

Os PMs participantes do programa poderão atuar no policiamento ostensivo em parques urbanos. O objetivo do patrulhamento será garantir o bom uso dos espaços, além de prevenir e reprimir infrações às leis ambientais.

A remuneração da diária será de R$ 200,56, o que pode representar um investimento de até R$ 96.268,80 por mês, visto a quantidade de vagas e o limite permitido para cada PM. A parceria terá duração de 12 meses, podendo ser prorrogada por mais um ano.

Usina solar

Desde o início do mês, os Parques Villa-Lobos e Cândido Portinari, localizados na zona oeste da Capital, estão sendo abastecidos com energia solar. Com investimento de R$ 17 milhões, a minicentral fotovoltaica, localizada em um bolsão do estacionamento do Parque Cândido Portinari, possui 2.095 módulos fotovoltaicos que realizam a cobertura de 264 vagas, totalizando 3.400m².

Além da usina, foram instaladas uma estação solarimétrica, uma microcentral de 9 kWp e 40 postes que geram a própria luz.

Esse é o maior projeto de mini geração solar distribuída em um parque do Brasil. O sistema tem capacidade de produção anual de 665 megawatt-hora (MWh) e foi dimensionado para atender a demanda do estacionamento, lanchonete e área de esportes do parque.

Do Portal do Governo do Estado