Notícias

Estado recebe pagamento inicial do leilão de Rodovias do Centro-Oeste
26/05/2017

 

Empresa vencedora da licitação confirmou o depósito de R$ 960 milhões de reais; valor integra a primeira parcela da quitação

 

O Governo do Estado de São Paulo recebeu, nesta sexta-feira (26), o primeiro pagamento referente ao leilão do lote de Rodovias do Centro-Oeste paulista. Realizado em março, na BM&FBOVESPA, o pregão alcançou ágio de 130% sobre o lance mínimo de R$ 397 milhões, relativos à parcela inicial da outorga da concessão.

Vencedora da licitação, a Pátria Infraestrutura III – Fundo de Investimentos e Participações confirmou o depósito de R$ 960 milhões. O valor total chegará a R$ 1,3 bilhão, depois da quitação da segunda parcela. O anúncio foi feito durante a reunião do governador Geraldo Alckmin com os secretários de Estado, no Palácio dos Bandeirantes.

No encontro, Alckmin destacou a importância da transparência no processo licitatório. “Veja como é importante a Bolsa de Valores, que age com transparência e segurança. O vencedor pagou quase R$ 400 milhões a mais do que o segundo colocado, pois não sabia quanto o concorrente propôs para o lance”, ressaltou o governador.

Investimentos

A empresa vencedora da licitação será responsável pela operação e administração do lote arrematado pelo período de 30 anos, ao longo dos quais serão investidos R$ 3,9 bilhões, sendo R$ 2,1 bilhões nos oito primeiros anos. O pregão englobou trechos de sete rodovias estaduais paulistas: SP-266, SP-294, SP-322, SP-328, SP-330, SP-333 e SP-351.

Cerca de R$ 1 bilhão serão investidos em obras de ampliação e duplicação, R$ 1,8 bilhão para restauração de rodovias e R$ 516 milhões em equipamentos e sistemas. A proposta é considerada a segunda maior outorga já apresentada em licitações de rodovias do país, superada apenas pela concessão do trecho Oeste do Rodoanel Mario Covas, em 2008, que alcançou R$ 2 bilhões.

Parte da malha de rodovias do trecho Oeste é operada pela Via Norte (Arteris). A transferência de gestão deve resultar na redução de 19%, em média, no valor da tarifa do pedágio e em 5% de desconto na tarifa de quem utiliza o modo eletrônico de pagamento do pedágio. A concessão implantará soluções inovadoras na rodovia, que contará com rede wifi ao longo de todo o trajeto e monitoramento por câmeras inteligentes.

Do Portal do Governo do Estado