Notícias

Segunda Sem Carne reduz emissão de gases de efeito estufa
07/06/2017

 

Campanha do Bom Prato já poupou o consumo de quase 37 toneladas de carne, segundo balanço divulgado no Dia do Meio Ambiente

 

A campanha Segunda Sem Carne, do programa Bom Prato, já reduziu a emissão de cerca de 3 toneladas de gases de efeito estufa ao meio ambiente. A quantidade equivale a 46 mil viagens de carro de São Paulo ao Rio de Janeiro.

Segundo balanço divulgado no Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06), 37 toneladas de carne foram poupadas com a campanha. A redução ajudou ainda a economizar 762 milhões litros de água, que atenderiam 19 mil pessoas em um ano; e mais de 922 toneladas de grãos, o suficiente para satisfazer as necessidades proteicas anuais de 11 mil pessoas.

“É uma forma de atendermos aos objetivos para o Desenvolvimento Sustentável da ONU. Garantimos segurança alimentar, boa saúde, respeito ao meio ambiente, incentivo ao consumo consciente e ainda ajudamos no combate às alterações climáticas”, disse o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro.

A iniciativa visa estimular a população a substituir a carne animal por proteína vegetal uma vez por semana. Para Pesaro, a campanha é também uma oportunidade para o público descobrir novos sabores sem perder qualidade e valores nutricionais.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social implementou o projeto em parceria com a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) e as entidades gestoras das três unidades do Bom Prato que aderiram à campanha.

“A produção de carnes representa cerca de 15% das emissões de gases efeito estufa em todo o mundo. No Brasil é a principal causa de desmatamento e desperdício de água”, comentou a gerente de campanhas da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), Mônica Buava. “A campanha do Bom Prato beneficia não apenas a saúde das pessoas, mas também a saúde do planeta”, completou.

O cardápio vegetariano completo custa R$ 1, sendo servido toda segunda-feira, a partir das 11h, nas unidades Santo Amaro, São Miguel Paulista e Lapa.

Primeiro a abraçar a campanha, em dezembro de 2015, o Bom Prato de Santo Amaro serve 2.240 almoços por dia. Desde julho de 2016, São Miguel Paulista oferece 1.600 cotas diárias do almoço vegetariano, a mesma quantidade da Lapa, que três meses depois aderiu à Segunda Sem Carne.

Do Portal do Governo do Estado