Notícias

A crise é na União e não apenas nos estados e municípios, afirma Alckmin
08/06/2017

 

Governador participa da 21ª CNLE, evento da União dos Legisladores e Legislativos Estaduais, que tem como tema O Estado e suas reformas

 

O governador Geraldo Alckmin participou nesta quinta-feira (8) da 21ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), em Foz de Iguaçu, Paraná. O evento promovido pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) tem como tema “O Brasil e suas reformas.

Alckmin fez parte dos debates que reuniram outros governadores sobre as dificuldades econômicas enfrentadas pelos estados e a solução para essa questão, dentro do painel “A crise econômica nos Estados”.

“A crise é nos municípios, nos estados e na união, a diferença é que no Rio de Janeiro não se paga salários, atrasaram salários, e a união paga porque não tem lei de responsabilidade fiscal. Ele fizeram a legislação para os estados e municípios. A união este ano vai gastar R$ 139 bilhões sem pagar um centavo de juros. Emite títulos, o Congresso aprova o déficit primário e bola pra frente. A crise da União é ainda mais grave do que a dos estados e municípios”, criticou Alckmin.

O governador defendeu as reformas trabalhista, previdenciária e política. “Este é um modelo esgotado. Não é culpa de cada um, todos fomos eleitos, é o modelo que precisa ser corrigido e aperfeiçoado. Você não tem 35 ideologias no país. O que tem são muitas empresas para pegar dinheiro do fundo partidário e gastar dinheiro público”, disse Alckmin.

Do Portal do Governo do Estado