Notícias

Estado transfere o Teatro Pedro II para a prefeitura de Ribeirão Preto
10/6/2017

 

Inaugurado em 1930, na época áurea do café, foi desapropriado na década de 80; em 1982 foi tombado pelo Condephaat

 

Um dos principais símbolos culturais de Ribeirão Preto passa a ser patrimônio da cidade que o representa. O governador Geraldo Alckmin assinou neste sábado (10) a escritura de cessão do Teatro Pedro II, transferindo definitivamente o prédio, pertencente ao Governo do Estado, para a prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, que já tinha a permissão de uso.

“Este é um dos mais belos teatros do país. Ele já é de Ribeirão Preto. Foi Ribeirão Preto quem o fez. Foi Ribeirão Preto quem construiu essa maravilha. Ele já é da população de Ribeirão Preto. Estamos fazendo um ato meramente legal”, disse o governador Geraldo Alckmin.

O Teatro Pedro II, inaugurado em 1930, na época áurea do café, foi desapropriado na década de 80. Em 1982 foi tombado pelo Condephaat – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico. Integrante do Quarteirão Paulista, destaca-se no conjunto de construções ecléticas voltado para a Praça Quinze de Novembro.

O projeto, de autoria de Hipólito Gustavo Pujol Júnior, reuniu diversos estilos arquitetônicos, do neoclássico francês ao art-decô. Inaugurado em 1930, teve algumas características originais alteradas quando transformado em cinema. O teatro possui, ao todo, seis pavimentos, incluídos o subsolo e o sótão. No início da década de 1980, um incêndio destruiu grande parte do edifício que perdeu toda a sua cobertura e forro, além de parte dos elementos decorativos da boca de cena. Para reverter esta situação, a prefeitura municipal promoveu a restauração do teatro, concluída em 1996. O novo forro introduzido foi projetado pela artista plástica Tomie Ohtake.

Do Portal do Governo do Estado