Notícias

Receita paga R$ 2,5 bi em restituições do IR
07/06/2012

 

Dinheiro estará nas contas dos contribuintes na sexta-feira da próxima semana, dia 15

 

LORENNA RODRIGUES
DE BRASÍLIA

A Receita Federal vai liberar na sexta-feira da próxima semana, dia 15, R$ 2,5 bilhões em restituições do Imposto de Renda (IR), o maior valor da história.


A injeção de recursos vem em um momento em que o governo se preocupa com o fraco desempenho da atividade econômica e toma medidas para estimular o consumo e o crescimento.


"Sem dúvida, imaginamos que isso poderá ter efeitos positivos na economia", disse a secretária-adjunta da Receita, Zayda Bastos Manatta.


O lote recorde deste ano é 25% maior do que o primeiro liberado em 2011, que pagou R$ 2 bilhões.


Nas últimas semanas, o governo anunciou medidas para baratear carros, estimular a indústria nacional de eletrodomésticos e pressionou bancos a cortar juros, como forma de aquecer o mercado.


A partir das 9h de amanhã (horário de Brasília), o contribuinte poderá consultar se sua restituição foi liberada. Quem não receber no primeiro lote terá de esperar por um dos próximos seis, que serão pagos até dezembro.


Serão R$ 2,4 bilhões referentes à declaração deste ano, pagos a 1,8 milhão de pessoas, a grande maioria com 60 anos ou mais de idade, que têm preferência estabelecida em lei.


O restante do dinheiro é relativo a lotes residuais de 2008 a 2011. O valor é corrigido pela taxa básica Selic.


Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o número 146 (Receitafone). A Receita também avisa por mensagem de texto no celular sobre a restituição.


A partir deste ano, será possível ainda fazer a consulta por smartphones e tablets.


Desde ontem, está disponível para download gratuito o aplicativo "Restituição IRPF", pelo qual é possível também consultar a regularidade do CPF.


O aplicativo, porém, ainda não permite corrigir informações da declaração, o que, de acordo com a Receita, deverá ser possível no futuro.


Se a declaração tiver alguma pendência, só é possível retificá-la na página da Receita na internet.


Quanto mais cedo o contribuinte retificar, mais rápido receberá a restituição (caso tenha esse direito).


Fonte: Folha de S.Paulo/Mercado