Notícias

Fiscalização do Ipem reprova 29% dos produtos vendidos para festas juninas
21/06/2017

 

Operação Pulando a Fogueira do órgão paulista encontrou irregularidades em estabelecimentos comerciais de seis municípios do Estado

 

O Ipem-SP divulgou o balanço da operação “Pulando a Fogueira” de fiscalização de produtos típicos das festas juninas, realizada no último dia 20 de junho. Dos 66 produtos fiscalizados nas praças de São Paulo, Bauru, Campinas, Ribeirão Preto, São Carlos e São José do Rio Preto, 19, ou 29% do total, apresentaram irregularidades.

O objetivo da operação foi verificar a fidelidade das indicações de quantidade, peso ou volume nas embalagens dos produtos. Foram avaliadas mercadorias típicas como doces prontos (paçoca e pé-de-moleque), alimentos (amendoim, canjica, fubá), bebidas, itens de decoração e fogos de artifício de pequena potência (biribinhas, estalo, traque, fósforo de cor).

As empresas autuadas têm dez dias para apresentar defesa perante o órgão e, se consideradas culpadas, podem ser punidas com multas de até R$ 1,5 milhão, conforme determina a Lei Federal 9933/99. (saiba mais sobre o Ipem-SP).

Guia orienta o consumidor

A publicação Guia Prático de Consumo do Ipem-SP orienta os consumidores sobre o que observar na hora de fazer compras. São dicas relativas a produtos embalados, roupas, eletrodomésticos e itens que devem trazer o selo do Inmetro e equipamentos, como balanças em supermercados, padarias e outros tipos de estabelecimentos (clique aqui para fazer o download).

Do Portal do Governo do Estado