Notícias

Sabe a diferença entre as cores das placas de trânsito e sinalização?
01/07/2017

 

Existem sete cores diferentes e cada uma possui um significado específico; conheça suas finalidades e saiba aproveitar as informações

 

Você sabia que existem sete cores diferentes nas placas de trânsito, e que cada uma tem um significado específico? As marrons com ilustrações e dizeres em branco, por exemplo, são placas turísticas. Elas sempre vêm com informações dos pontos turísticos e ficam em pontos estratégicos, por onde passa grande fluxo de turistas.

Contudo, as marrons com dizeres brancos podem ter duas formas: as verticais de indicação e as de atrativos turísticos. A diferença é que a primeira identifica os sentidos das vias para chegar ao local turístico. Já a segunda, a de atrativo turístico, marca o ponto exato onde está localizado o ponto turístico.

Ao percorrer o interior e o litoral essas placas são mais comuns. O Estado de São Paulo conta com inúmeros pontos turísticos devidamente sinalizados. A seguir listamos alguns atrativos para aproveitar em julho: a Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí; o Pico do Agudo, em Santo Antônio do Pinhal; a Caverna do Diabo, em Eldorado; Paranapiacaba, no distrito de Santo André; e a Feira de Artesanatos, em Embu das Artes.

Algumas dessas aventuras estão a menos de uma hora da capital paulista e é possível até fazer aquele famoso bate e volta.

Para ter uma viagem mais tranquila, lembre-se: as placas vermelhas são de regulamentação e, portanto, alertam para atenção redobrada. As placas laranja são de sinalização de algum evento incomum na pista, como obras, por exemplo. As amarelas são chamadas de placas de alerta, pois avisam o motorista do que está no caminho.

As verdes são de indicação, mostram saídas para as cidades, distâncias até outra cidade, entre outras finalidades. Já as azuis são as placas que indicam os serviços na estrada. Por fim, além das marrons vistas acima, as cinzas claro, que educam, como por exemplo para a verificação dos freios ou para usar o freio motor.

Do Portal do Governo do Estado