Notícias

SP homenageia personalidades com Colar Ibrahim de Almeida Nobre
07/07/2017

 

Instituída em 2002, honraria leva nome do jurista e orador brasileiro, considerado herói e tribuno da Revolução Constitucionalista de 1932

 

O governador Geraldo Alckmin participou da condecoração de 12 personalidades, de diferentes áreas de atuação, que que têm em comum a luta por uma causa digna. A homenagem Colar Ibrahim de Almeida Nobre foi entregue nesta sexta-feira (7) em evento no Palácio dos Bandeirantes e remete aos heróis da Revolução Constitucionalista de 1932, celebrada nos próximo domingo, 9 de julho.

“A gente fica muito feliz de hoje entregar aqui o Colar Ibrahim Nobre, que foi um grande tribuno da Revolução de 32, a um conjunto de pessoas que trabalham por São Paulo. São trabalhos relevantes nas áreas da saúde, das artes, da cultura, do direito, da segurança, da advocacia, enfim, nas mais variadas áreas”, disse Alckmin.

Entre os agraciados na homenagem estão: Dr. Ives Gandra da Silva Martins – Jurista; Dr. Paulo Marcelo Gehm Hoff – Diretor-geral do Centro de Oncologia do Hospital Sírio Libanês / Icesp; Dr. Marcos Alberto Sant’Anna Bitelli – Presidente da Fund. Visconde de Porto Seguro; Irmã Rosane Ghedin – Santa Marcelina; Bispo Gê (Geraldo Tenuta Filho) – Presidente das Igrejas Renascer em Cristo; Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer – 7º Arcebispo Metropolitano de SP; Pastor Doutor Eri Araujo de Alencar – Presidente da Assembleia de Deus Paulistana; Cel PM Nivaldo César Restivo – Comandante-geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo; João Carlos Figueiredo Ferraz – Empresário da Construção Civil; João Carlos Gandra da Silva Martins – músico e maestro; Marina Zatz de Camargo Zaborowsky (Luisa Mell) – Apresentadora, atriz e ativista; e Berenice Maria Giannella – Presidente da Fundação Casa.

A homenagem Colar Ibrahim de Almeida Nobre – Tribuno da Revolução Paulista foi instituída em 2002, pelo decreto nº 46.820. A honraria estadual leva o nome do jurista e orador brasileiro, considerado herói e tribuno da Revolução Constitucionalista de 1932.

Após aprovação do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito, a homenagem é oferecida a personalidades brasileiras ou estrangeiras. Também podem ser agraciadas instituições públicas ou privadas que tenham prestados serviços relevantes ao país ou ao Estado.

Do Portal do Governo do Estado