Notícias

Alckmin autoriza licitação das obras da rodovia Raposo Tavares
31/07/2017

 

Primeira etapa beneficiará mais de 177 mil habitantes em seis cidades, com previsão de investimentos superiores a R$ 300 milhões

 

O governador Geraldo Alckmin autorizou edital para obras de modernização da Rodovia Raposo Tavares (SP-270). Dividido inicialmente em quatro lotes, as melhorias beneficiam diretamente uma população de quase 180 mil habitantes de seis cidades. A rodovia terá melhorias desde Ourinhos, passando Piraju, Bernardino de Campos, Ipaussu, Chavantes até Canitar.

A assinatura do documento aconteceu nesta segunda-feira (31) no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo. “Queremos começar as duas obras ainda esse ano, tanto a de Ourinhos a Piraju como de Itapetininga para Piraju”, explicou o governador.

“E em questão de semanas, tendo o aval do Banco Mundial, já publicar o último lote de Piraju até Itapetininga. Teremos, ao todo, 204 km de obras, R$ 805 milhões de investimentos. Será, depois do Rodoanel Metropolitano, a maior obra rodoviária do Estado de São Paulo e estratégica para o desenvolvimento. Agronegócio, indústria, turismo, serviços, vai gerar 1.240 empregos na obra, melhorar o e ISS de todas as prefeituras ao longo da rodovia”, ressaltou Alckmin.

A partir da assinatura, o DER disponibiliza o edital na terça-feira (1º), sob as regras da modalidade Licitação Pública Internacional (LPI), às empresas interessadas no certame. Além de jornais de grande circulação e o Diário Oficial do Estado, o site da United Nations Development Business, de Washington, também fará a publicação do edital. A abertura dos envelopes contendo as propostas e preços está marcada para o dia 29 de setembro.

As obras na Raposo irão gerar 310 empregos diretos e 930 indiretos e estão divididas em um total de oito lotes. Nestes, o governo do Estado realizará investimentos que ultrapassam R$ 800 milhões.

O valor orçado dos quatro lotes anunciados nesta primeira etapa da licitação é de R$ 302,8 milhões. Já o investimento na segunda etapa foi estimado em R$ 515,8 milhões. O montante é financiado pelo Banco Mundial, o Bird e pelo Banco Santander S/A. Ainda tem a garantia da Miga (Agência Multilateral de Garantia de Investimentos).

A expectativa é que as benfeitorias na Raposos Travares sejam iniciadas ainda em 2017. As empresas interessadas deverão ainda apresentar uma “Garantia de Manutenção da Proposta”, que demonstrará indício de segurança econômico-financeira do licitante. O valor somado da garantia nos quatro lotes é de R$ 5,9 milhões.

Os quatro primeiros lotes compreendem o trecho do km 295,4 ao km 373. Nestes 77,6 quilômetros de extensão serão realizados serviços para a recuperação da pista. Obras que vão desde acostamentos, implantação de faixas adicionais em locais específicos, melhorias nos acostamentos, sistema de drenagem até serviços para revitalização completa da sinalização.

Do Portal do Governo do Estado