Notícias

Univesp assina convênios com 38 prefeituras para oferecer cursos online
07/08/2017

 

Com 100 pontos instalados, a universidade oferece infraestrutura com internet e equipamentos para acesso ao ambiente digital dos conteúdos

 

A Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) assinou convênios com 38 prefeituras paulistas para instalação de polos da instituição. Com a assinatura dos convênios nesta segunda-feira (7) no Palácio dos Bandeirantes, a universidade completa 100 pontos em 63 cidades do Estado.

“Hoje é um dia histórico. Estamos criando mais de 16 mil vagas no ensino superior gratuito aqui em São Paulo. Com o vestibular, nós chegamos a mais de 60 municípios do Estado, por meio do apoio dos professores das melhores universidades, como USP, Unesp e Unicamp. São 100 polos no Estado. Na capital, temos 33 polos, com seis mil alunos. Destaco que 85% dos estudantes são de escola pública. São Paulo não deixa ninguém para trás, levando ensino universitário, de qualidade, gratuito e a distância. O aluno faz o seu horário e estuda pela internet, com material pedagógico bem elaborado”, comemorou Alckmin.

Os polos são espaços físicos nos municípios que oferecem a infraestrutura necessária (computadores, impressoras e acesso à internet) para o estudante participar das atividades da universidade como provas, discussões em grupo e dos trabalhos orientados por tutores. Nesses locais, também é possível solicitar serviços de secretaria acadêmica, assim como tirar suas dúvidas sobre o AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem).

O AVA é a plataforma digital utilizada pelos estudantes para desenvolver as atividades acadêmicas, que incluem as vídeo-aulas e o acesso ao material didático, bibliografia e sistema para sanar dúvidas com os tutores.

Criada em 2012, a Univesp é uma fundação mantida pelo Governo do Estado, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, e credenciada pelo Conselho Estadual de Educação e Ministério da Educação e Cultura (MEC). É considerada a quarta universidade estadual paulista e mantém parcerias com a USP, Unesp, Unicamp e o Centro Paula Souza para o desenvolvimento do conteúdo e coordenação dos cursos.

Matrículas

A Univesp promoveu recentemente o seu vestibular para os cursos deste ano de Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, Licenciatura em Matemática e o recém implantado curso de Pedagogia. Participaram cerca de 80 mil inscritos.

Segundo a presidente da Univesp, Maria Alice Carraturi, a primeira chamada de aprovados será divulgada já na terça-feira (8) e as matrículas poderão ser feitas na quarta (9) e quinta-feira (10) seguintes, nos próprios polos escolhidos pelos estudantes. As aulas começam no dia 21 de agosto.

O primeiro vestibular da universidade aconteceu em 2014 com oferta de 3.330 vagas para graduação em Engenharia de Computação e Engenharia de Produção, assim como licenciaturas em Matemática, Física, Química e Biologia.

No ano de 2016, foi realizado um novo processo seletivo com disponibilidade de 918 vagas para uma segunda turma de Engenharia de Computação e Engenharia de Produção. Hoje, com 2,5 mil alunos, além desses seis cursos de graduação, também oferece opções de especialização para a formação docente no ensino mediado pelas tecnologias.

Do Portal do Governo do Estado