Notícias

SP consegue empréstimo de R$ 2 bi para Rodoanel
15/06/2012

 

Acordo foi assinado ontem, em Washington

 

DE SÃO PAULO

O governo de São Paulo assinou ontem contrato de financiamento de R$ 2 bilhões com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para a construção do trecho norte do Rodoanel.


O contrato foi assinado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), em Washington (EUA). Segundo o governo, este é o maior empréstimo já firmado pelo Estado.


O trecho norte, último do Rodoanel a ser concluído, terá 44 km de extensão e interligará os trechos oeste e leste. Ao todo, o Estado vai investir cerca de R$ 4,79 bilhões no Rodoanel, sendo R$ 2 bilhões de financiamento do BID e os outros R$ 2,79 bilhões de orçamento do Estado. As informações são do governo do Estado.


A autorização para que o governo de São paulo firmasse empréstimo com o BID foi aprovada pelo Senado em maio. A autorização prevê garantia da União para o empréstimo. Pelo texto aprovado, o prazo para desembolso dos recursos é de cinco anos, contados a partir da vigência do contrato.


Em março, Alckmin assinou decretos para desapropriar cerca de 2.500 imóveis localizados no percurso do trecho norte do Rodoanel -maior obra viária da sua gestão. A área, equivalente a 1.400 campos de futebol como o do Pacaembu, engloba uma faixa de 130 metros, em média, ao longo de 47,4 km de rodovia.


Fonte: Folha de S.Paulo/Cotidiano