Notícias

Banco de Perucas Móvel começa visitas por hospitais estaduais
12/09/2017

 

Trabalho inédito vai levar cerca de 500 perucas a pacientes com câncer, em tratamento em dez hospitais Estaduais em diversas cidades

 

Cerca de 500 perucas serão doadas a pacientes com câncer, em tratamento em dez serviços de saúde do estado. O Banco de Perucas Móvel iniciou neste mês um tour por hospitais estaduais localizados em diversas cidades paulistas. O trabalho inédito é promovido por meio de parceria com a Sociedade Assistencial Bandeirantes (Instituto Sab) e a ONG Organização Não Governamental (ONG) Cabelegria.


O Hospital Guilherme Álvaro, localizado em Santos e referência em Oncologia na Baixada Santista, vai receber a unidade móvel que permanecerá até o dia 16 de setembro. Equipado como salão de beleza, o veículo circulará durante dois meses pelas unidades hospitalares, com doações de cabelo e entrega de perucas aos pacientes (internados ou não) que passam por tratamento quimioterápico.


Pacientes em atendimento ambulatorial em serviços públicos de saúde interessados também devem apresentar o cartão SUS, laudo médico atualizado (com validade de até 5 meses), RG e comprovante de tratamento como agendamento da sessão de quimioterapia, por exemplo.


Participam do programa os hospitais Pérola Byington, Brigadeiro, Heliópolis, Darcy Vargas e Instituto de Tratamento do Câncer Infantil (ITACI), na capital; o Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Mello, em Mogi das Cruzes; Hospital das Clínicas de Botucatu; Mario Covas, em Santo André; e Hospital Estadual de Bauru.


O Banco atua também como um ponto de coleta de doações de cabelo para confecção das perucas. Não é possível realizar o corte no veículo, mas os interessados podem comparecer e doar mechas com 20 cm, no mínimo. É fundamental que o cabelo esteja completamente seco, e o banco aceita também fios com química ou coloração.A orientação é amarrar a mecha e acondicionar em saco plástico. As doações também podem ser enviadas pelos Correios


Banco de Perucas Móvel
A unidade já atendeu cerca de 300 pessoas e distribuiu mais de 800 perucas aos pacientes. O caminhão da categoria VUC (Veículo Urbano de Carga) é customizado e equipado, garantindo um espaço descontraído, alegre e acolhedor, para que os pacientes possam experimentar e ajustar as perucas.


O veículo conta com prateleiras com diversos modelos de perucas, bancada de espelho e acesso para pessoas com mobilidade reduzida. A unidade também conta com dois representantes da ONG Cabelegria e um cabelereiro.


 Do Portal do Governo