Notícias

Número de estudantes nascidos fora do Brasil cresce 66% em SP
29/09/2017

 

Capital paulista concentra maior número de estrangeiros; número passou de 5,7 mil para 9,5 mil alunos em sete anos

 

O número de alunos estrangeiros matriculados nas escolas estaduais paulista aumentou 66% em sete anos, de acordo com levantamento da Secretaria da Educação. Atualmente são 9,5 mil alunos naturais de outros países contra os 5,7 mil em 2010. A capital é a região com maior quantidade de estudantes nascidos fora do Brasil. São 5.636 (ou 58%), sendo 3.281 bolivianos.

Para garantir a integração de crianças, jovens e também adultos, a rede mantém um trabalho constante de acolhimento. Na Escola Estadual Eduardo Prado, localizada no bairro do Brás, a direção fechou parcerias. Ao longo do ano, são realizadas palestras com o apoio do CAMI (Centro de Apoio e Pastoral do Migrante) e o Museu da Imigração do Estado de São Paulo.

Além da sala de aula, os eventos culturais também criam oportunidades para compartilhar sotaques, histórias e experiências. Na Eduardo Prado, 70% das classes são formadas por estudantes que vieram, principalmente, da América Latina e África. Por isso, a unidade está sempre de portas abertas para atender os pais e tirar as mais diversas dúvidas.

Do Portal do Governo