Notícias

Araçatuba terá sua 1ª unidade do programa Bom Prato
13/11/2017

 

Projeto é considerado uma das mais importantes políticas sociais de São Paulo, com mais de 86 mil refeições servidas por dia no Estado

 

Mil e quinhentas refeições diárias. Essa é a meta de atendimento da futura unidade do Bom Prato de Araçatuba, que teve autorização assinada na tarde desta segunda-feira (13) pelo governador Geraldo Alckmin e o prefeito da cidade, Dilador Borges, com presença do secretário de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro.

Além dos moradores de Araçatuba, o restaurante popular vai beneficiar quem reside nas cidades vizinhas. A unidade servirá 1,2 mil refeições somente no almoço, ao preço de R$ 1 cada, e outras 300 no café da manhã, por R$ 0,50 cada. Com isso, as pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social terão uma oferta de alimentação balanceada e de qualidade.

“Alimentação de qualidade, saborosa, quente, bem feita por apenas um real”, afirmou o governador Geraldo Alckmin. “Um restaurante com todas as condições, considerado uma das melhores políticas sociais do Estado e a mais bem avaliada de são Paulo”, concluiu.

O Bom Prato, com 17 anos de existência, é o maior programa de segurança alimentar do país. Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro, garantir a segurança alimentar das pessoas é a prioridade do programa do governo estadual. “Em 2018, mais três unidades serão entregues no Estado de São Paulo; as unidades de Araçatuba, São Bernardo do Campo e Ribeirão Preto”, completou.

Em todo o Estado são servidas, diariamente, mais de 86 mil refeições em 52 unidades, sendo 22 localizadas na capital, nove na Grande São Paulo, seis no litoral e 15 no interior. Crianças de até seis anos de idade não pagam.

Do Portal do Governo do Estado

 

 

Casa Civil
|
Portal da Transparência
|
Biblioteca Virtual
Receba notícias por e-mail

Cadastre-se e receba as novidades da Biblioteca periodicamente no seu e-mail.

Digite o seu e-mail