Notícias

Movimento de Segurança no Trânsito amplia convênios com os municípios
12/12/2017

 

Com mais 36 parcerias concretizadas, campanha pela redução de 50% no número de vítimas em acidentes fatais passa a abranger 103 cidades

 

Mais 36 municípios do Estado assinaram convênios de parcerias com o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e o Detran-SP nesta terça-feira (12), no Palácio dos Bandeirantes.

Agora o número de cidades envolvidas na campanha para a redução pela metade das vítimas em acidentes de trânsito no Estado até 2020 subiu dos iniciais 15 para 103 municípios paulistas. A cerimônia também incluiu a assinatura de outros 13 convênios correspondentes a municípios que já iniciaram ações, com o emprego de R$ 21,1 milhões em recursos.

“Assinamos hoje 53 convênios. Sou um defensor de que os municípios devem ter uma participação maior nas questões de Segurança Pública. Precisamos oferecer mais força e destinar mais recursos para que as administrações municipais tenham papel cada vez mais importante”, disse o governador Geraldo Alckmin, durante a assinatura das parcerias.

Alckmin falou sobre os propósitos da campanha. “Nós estamos tratando aqui de salvar vidas, como forma de prevenção. Os acidentes representam a terceira maior causa de mortes no mundo. Resolvemos fazer esse programa e fomos buscar os recursos da arrecadação de multas. Aquele que comete uma infração financia a segurança no trânsito”, afirmou.

Além de apoio técnico, as parcerias com os municípios incluem a criação de projetos e distribuição de recursos financeiros, para promover melhorias viárias e ações de conscientização no trânsito.

Com a adesão de mais municípios, o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito passa a atuar nas cidades que concentram 69% das ocorrências de vítimas fatais no trânsito e que agregam 78% da população do Estado.

Considerando o critério para a escolha dos municípios participantes, que é da proporcionalidade de acidentes em relação à quantidade da população, os 36 novos municípios que aderiram à parceria são responsáveis por 10% das ocorrências envolvendo vítimas fatais.

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Programa do Governo do Estado de São Paulo, tem como principal objetivo reduzir pela metade os óbitos no trânsito no Estado até 2020.

Inspirado na “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o período de 2011 a 2020, o comitê gestor do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito é coordenado pela Secretaria de Governo e composto por mais nove secretarias de Estado: Casa Civil, Segurança Pública, Logística e Transportes, Saúde, Direitos da Pessoa com Deficiência, Educação, Transportes Metropolitanos, Planejamento e Gestão, Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.

As secretarias são responsáveis por construir um conjunto de políticas públicas para redução de vítimas de acidentes de trânsito no Estado.

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito envolve também a sociedade civil, com o apoio de empresas – Abraciclo, Ambev, Arteris, Banco Itaú, CNseg, ProSimulador e Raízen – e do Centro de Liderança Pública (CLP).

Do Portal do Governo do Estado