Notícias

Pensando em parar de fumar? Governo de SP pode ajudar você
17/12/2017

 

Interessados recebem atendimento especial em todo o Estado, nas unidades do Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas

 

A nicotina e as substâncias contidas no cigarro e em derivados como o charuto, cachimbo, cigarro de palha, fumo de rolo ou narguilé, são responsáveis por provocar até 50 tipos de doenças, segundo a Organização Mundial da Saúde. Entre as mais graves e mortais estão o câncer e o infarto. Parar de fumar exige muita força de vontade e empenho. Mas, para quem se torna dependente do tabaco, só a força de vontade não é suficiente para largar o vício. O Estado de SP ajuda os interessados por meio do Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (Cratod).

E é muito importante pedir ajuda nesses casos. A cada tragada o fumante inala mais de quatro mil substâncias, entre elas: nicotina, alcatrão e o monóxido de carbono. E mais outras 60 que são comprovadamente cancerígenas. O cigarro afeta também as pessoas que convivem com o dependente. Aumenta em 30% as chances para fumantes passivos desenvolverem câncer, em relação a quem não tem contato com a fumaça.

Fiscalização

Para preservar essas pessoas que não fumam, a Lei Antifumo em São Paulo proíbe fumar em ambientes fechados de uso coletivo. Uma equipe de técnicos da Vigilância Sanitária e do Procon faz a fiscalização rigorosa da lei.

De agosto de 2009 a fevereiro deste ano, somente no Estado de São Paulo foram realizadas 1,688 milhão de inspeções e aplicadas 3,721 mil autuações. O índice de cumprimento da legislação é de 99,7% dos estabelecimentos vistoriados.

Além de atender aos fumantes, o Cratod também capacita profissionais de todo o Estado para implantação de novos serviços de tratamento de dependentes de tabaco.

Do Portal do Governo do Estado

 

 

Casa Civil
|
Portal da Transparência
|
Biblioteca Virtual
Receba notícias por e-mail

Cadastre-se e receba as novidades da Biblioteca periodicamente no seu e-mail.

Digite o seu e-mail