Notícias

Alckmin anuncia mutirão para combater febre amarela em SP
15/01/2018

 

Vacinação acontece entre os dias 3 e 23 de fevereiro nas áreas prioritárias; Estado solicitou mais 1 milhão de doses ao governo federal

 

O governador Geraldo Alckmin anunciou a realização de um mutirão para combater a febre amarela no Estado de São Paulo. Entre os dias 3 e 23 de fevereiro será feita a vacinação nas áreas chamadas de corredores, ou seja, áreas residenciais próximas de matas e onde a doença apareceu. Todas as pessoas dessas áreas serão imunizadas.


“A expectativa é vacinar 7 milhões de pessoas no Estado de São Paulo. A escolha das áreas prioritárias é técnica, são os chamados corredores, as pessoas mais susceptíveis à febre amarela silvestre”, disse Alckmin.


O governador também já solicitou novas doses da vacina. “Como a demanda é grande, falamos com o ministro da saúde Ricardo Barros e ele vai mandar mais 1 milhão de doses. O que é importante é não ter pânico, e o trabalho está sendo bem feito”, concluiu.


Os sintomas da febre amarela


A febre amarela é marcada por sintomas como dores nas costas, no abdômen ou nos músculos, calafrios, fadiga, febre, mal-estar ou perda de apetite. A doença também pode causar enjoo ou vômito e delírio, e é comum dores de cabeça, pele e olhos amarelados ou até mesmo sangramento.


Porém, a avaliação médica é sempre imprescindível para um diagnóstico mais preciso e o tratamento mais adequado.


Do Portal do Governo