Notícias

Campanha orienta sobre abuso sexual no transporte público
16/01/2018

 

Empresas atendem vítimas, mantêm serviços de denúncia e delegacias especializadas na capital, interior e litoral atendem ocorrências

 

A providência mais adequada para combater o abuso sexual é a denúncia do agressor, para que ele não permaneça impune. Por isso, se você for vítima ou presenciar esse tipo de crime, denuncie.

No transporte público, a Campanha “Juntos podemos parar o abuso sexual no transporte”, coordenada pelo Tribunal de Justiça, envolve o Metrô, CPTM e EMTU e orienta e estimula as vítimas e testemunhas a romperem com o silêncio.

Nos trens do Metrô, vítimas e testemunhas devem procurar um funcionário da companhia, recorrer ao aplicativo Metrô Conecta ou ao serviço SMS Denúncia (97333-2252). A mensagem é transmitida para o Centro de Controle de Segurança que destaca os agentes de segurança mais próximos para o atendimento de ocorrência.

O metrô mantém mais de mil agentes de segurança em ações estratégicas operacionais em rondas constantes, uniformizados ou em trajes civis, em trens e estações, além de uma estrutura com 3.500 câmeras de monitoramento. As ocorrências de segurança pública são encaminhadas e investigadas pela Delegacia do Metropolitano (Delpom).

Na CPTM, fatos envolvendo abuso sexual nos trens devem ser informados aos funcionários, para que o agressor seja encaminhado à delegacia de polícia mais próxima para registro do Boletim de Ocorrência (BO).

A ocorrência também pode ser encaminhada ao serviço do SMS Denúncia (97150-4949). É importante descrever características físicas e roupas do agressor para facilitara a sua identificação e localização.

A EMTU orienta e treina os colaboradores das concessionárias e permissionárias responsáveis pela operação dos ônibus metropolitanos para denunciar os criminosos pelo telefone 190 do Centro de Operações da Polícia Militar e atender e prestar total apoio às vítimas.

Participam da campanha o Tribunal de Justiça do Estado, Ministério Público do Estado, Governo de São Paulo, Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitano, CPTM, Metrô e EMTU, Estrada de Ferro Campos do Jordão (EFCJ), ViaQuatro, Prefeitura de São Paulo, SPTrans, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria de Segurança Pública e Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes de São Paulo.

Delegacias

Agressões e violência contra as mulheres são tratadas com rigor por delegacias especializadas no Estado de São Paulo. São 133 delegacias do gênero, distribuídas na capital (19), Região Metropolitana de São Paulo (19, litoral e Interior do Estado (108).

São Paulo é o estado como o maior número de delegacias especializadas em atender casos de violência contra a mulher, com 36% de todas as unidades existentes no país.

Outro marco no enfrentamento da questão, foi a criação em 2016 da 1ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, com funcionamento em plantão de 24 horas.

serviço
Delegacias da Mulher em São Paulo

1ª Delegacia de Defesa da Mulher – Centro
Rua Dr. Bittencourt Rodrigues, 200 – térreo – CEP 01017-010 – São Paulo
Telefone: (11) 3241-3328 (24 horas)

2ª Delegacia de Defesa da Mulher – Sul
Avenida Onze de julho, 89 – térreo – CEP 04041-050 – São Paulo
Telefone: (11) 5084-2579

3ª Delegacia de Defesa da Mulher – Oeste
Avenida Corifeu de Azevedo Marques, 4300 – 2º andar – CEP 05339-002 – São Paulo
Telefone: (11) 3768-4664

4ª Delegacia de Defesa da Mulher – Norte
Avenida Itaberaba, 731 – 1º andar – CEP 02734-000 – São Paulo
Telefone: (11) 3976-2908

5ª Delegacia de Defesa da Mulher – Leste
Rua Dr. Corinto Baldoíno Costa, 400 – 2º andar – CEP 03069-070 – São Paulo
Telefone: (11) 2293-3816

6ª Delegacia de Defesa da Mulher – Santo Amaro
Rua Sargento Manoel Barbosa da Silva, nº 115 – 2º andar – CEP 04675-050 – São Paulo
Telefone: (11) 5521-6068 e 5686-8567

7ª Delegacia de Defesa da Mulher – São Miguel Paulista
Rua Sabbado D’Angelo, 46 – Itaquera – térreo – CEP 08210-790 – São Paulo
Telefone: (11) 2071-3488

8ª Delegacia de Defesa da Mulher – São Mateus
Avenida Osvaldo do Valle Cordeiro, 190 – 2º andar – CEP 03584-000 – São Paulo
Telefone: (11) 2742-1701

9ª Delegacia de Defesa da Mulher – Pirituba
Avenida Menotti Laudisio, 286 – térreo – CEP 02945-000 – São Paulo
Telefone: (11) 3974-8890

Confira aqui demais unidades do Estado”

Do Portal do Governo do Estado

 

 

Casa Civil
|
Portal da Transparência
|
Biblioteca Virtual
Receba notícias por e-mail

Cadastre-se e receba as novidades da Biblioteca periodicamente no seu e-mail.

Digite o seu e-mail