Notícias

Ritmo lento da economia afeta arrecadação federal
27/06/2012

 

DE BRASÍLIA

Diante do ritmo lento da economia, as empresas estão refazendo as contas e prevendo um lucro menor, o que já afeta a arrecadação de impostos federais.


De acordo com os dados divulgados ontem pela Receita, o pagamento de IR de pessoa jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido caiu 12,31% em maio na comparação com o mesmo mês de 2011.


O setor com maior queda foi o de entidades financeiras -20,16%.


Segundo a Receita, muitas empresas reavaliaram a expectativa de lucros para o ano e, como já tinham antecipado o pagamento de grande parte do valor devido, fizeram pagamentos menores em maio.


Em fevereiro, os bancos haviam antecipado o pagamento de R$ 5,5 bilhões em IRPJ e CSLL que venceriam somente em março, o que contribuiu para a queda expressiva de maio.


A arrecadação em maio somou R$ 77,9 bilhões. Descontada a inflação pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), o resultado foi 3,82% maior se comparado com o mesmo período de 2011. Foi o segundo mês consecutivo que o crescimento fica abaixo dos 4%.


Fonte: Folha de S.Paulo/Poder