Notícias

Metrô inaugura estação Higienópolis-Mackenzie da Linha 4-Amarela
23/01/2018

 

A 8ª estação da linha e a 72ª do metropolitano de São Paulo vai funcionar inicialmente de segunda a domingo, das 10h às 15h

 

Foi inaugurada nesta terça-feira (23) a Estação Higienópolis-Mackenzie, que integra a Linha 4-Amarela do Metrô. A 72ª estação do Metrô de São Paulo vai funcionar inicialmente de segunda a domingo, de 10h às 15h.

A partir de 3 de fevereiro, como as demais estações da linha, passa a funcionar de domingo à sexta-feira, das 4h40 às 0h, e aos sábados, das 4h40 à 1h.

O governador Geraldo Alckmin deu início às operações da nova estação. “Estamos entregando uma nova estação, da mais moderna e melhor linha de metrô do Brasil, que é a Linha 4, a primeira do sistema driverless, operada sem maquinista. Isso permite, de acordo com o fluxo, colocar mais trens. É um dos mais modernos sistemas do mundo”, disse Alckmin, que denominou a Linha 4-Amarela como a “linha da educação”, por atender as universidades.

A estimativa é de que a Estação Higienópolis-Mackenzie, a 8ª em operação na Linha 4-Amarela pela Concessionária ViaQuatro, receba em média 42 mil pessoas diariamente. A extensão total do Metrô permanece de 80,4 km, já que a nova estação fica no trajeto intermediário entre as estações República e Paulista, ambas em atividade.

A estação dá acesso e beneficia especialmente as pessoas que se dirigem a locais como o Tribunal Regional do Trabalho, Universidade Mackenzie, Centro Universitário Maria Antônia, PUC Campus Consolação, Sesc Consolação, Cemitério da Consolação, entre outros.

O acesso à estação se dá por duas entradas: Mackenzie, na esquina das ruas Consolação e Piauí, e Ouro Preto, no lado oposto da Consolação, quase na esquina com a rua Visconde de Ouro Preto.

A profundidade da estação é de 25 metros e, para concluí-la, foi preciso escavar mais de 4 mil m³. A área total construída é de 12 mil m², com acesso completamente acessível para pessoas com mobilidade reduzida, facilitado por cinco andares, que interligam o mezanino às plataformas.

Completam o sistema de acesso 26 escadas rolantes e 13 fixas, além de outros equipamentos de acessibilidade, como piso tátil direcional, corrimãos e fita antiderrapante nos degraus das escadas fixas.

A linha das universidades

A Linha 4-Amarela está em operação desde 2010 e transportou no período 1,2 bilhão de pessoas. A extensão é de 8,9 km, entre as estações da Luz e Butantã. Por ela, passam em média 730 mil pessoas por dia útil.

Estão em construção, na atual fase de implantação da linha, as estações Oscar Freire, prevista para ser concluída em março deste ano; São Paulo-Morumbi, que deve estar concluída em julho; e Vila Sônia, a última a ser entregue e que deve estar finalizada em novembro de 2019.

Do Portal do Governo do Estado

 

 

Casa Civil
|
Portal da Transparência
|
Biblioteca Virtual
Receba notícias por e-mail

Cadastre-se e receba as novidades da Biblioteca periodicamente no seu e-mail.

Digite o seu e-mail