Notícias

Franca é destaque mais uma vez no ranking de saneamento
08/03/2018

 

Município é referência no tratamento de água e esgoto há 20 anos e recebe pela quarta vez consecutiva a premiação do Instituto Trata Brasil

 

A cidade de Franca conquistou mais uma vez o primeiro lugar no Ranking do Saneamento Básico das 100 maiores cidades do país do Instituto Trata Brasil. Mas não é de hoje que o município, localizado a cerca de 400km da capital paulista, é referência de atendimento com água tratada, coleta e tratamento de esgotos para sua população.

O levantamento, feito pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), premiou no começo do mês passado 14 cidades do país “rumo à universalização” de saneamento. Franca também se destacou por possuir a menor taxa de internação por falta desse serviço. Os dados mostram que a cada 100 mil habitantes, apenas 10 internações estão relacionadas a doenças de veiculação hídrica na cidade.

O prefeito de Franca, Gilson de Souza, ressaltou a importância da conquista. Segundo ele, esse pódio representa ao município uma população mais saudável e menos vulnerável a doenças. “É resultado de políticas públicas sérias e contínuas. Atualmente, a Sabesp, que tem um quadro qualificado na condução dos serviços de saneamento, permite um trabalho em consonância constante com a Prefeitura”, destacou.

Esse trabalho, dessa forma, foi fundamental para que Franca alcançasse novamente o primeiro lugar. Desde 1977, a Sabesp realiza constantes investimentos no município a fim de acompanhar o seu crescimento populacional. É importante lembrar que há 20 anos ele é referência de cidade universalizada para todo o país.

“A iniciativa da Abes foi fundamental, pois ajuda a chamar a atenção para a situação caótica do saneamento básico no Brasil. Quanto à Franca, um importante reconhecimento, demonstrando que o planejamento de longo prazo, a gestão responsável do dinheiro público e o investimento permanente são requisitos fundamentais para um serviço público de qualidade”, afirmou Gilson Santos de Mendonça, superintendente da Sabesp na Unidade de Negócio Pardo e Grande, em Franca.

Nos últimos cinco anos, o órgão investiu cerca de R$ 300 milhões nos sistemas de abastecimento de água e esgoto sanitário municipal. Não é surpresa que a tecnologia utilizada nos serviços também seja de ponta. A cidade transformará o gás do esgoto tratado em combustível para os automóveis por meio de um equipamento doado pelo Instituto Fraunhofer, da Alemanha.

“Nós estamos de portas abertas para receber delegações, estudantes e pesquisadores para conhecer o nosso cotidiano desde a coleta da água e o seu tratamento, bem como a coleta do esgoto e os recursos utilizados para tornar a água livre de contaminação”, completou o prefeito.

Do Portal do Governo do Estado