Notícias

Importação de equipamentos tem incentivo ampliado
07/07/2012

 

DE BRASÍLIA - Para estimular investimentos, o governo ampliou a redução do imposto de importação de máquinas, equipamentos e bens de informática não fabricados no Brasil.


A alíquota do tributo caiu para 2% para 193 produtos, e a redução foi renovada até 31 de dezembro de 2013 para outros 376 itens.


As alíquotas originais dos produtos beneficiados variavam entre 14% e 16%.


Batizado de ex-tarifário, o mecanismo visa investimentos específicos. Uma montadora que quer construir nova fábrica, por exemplo, vai ter alíquota temporariamente reduzida para importar máquinas e equipamentos que não são fabricados no país.


Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, desde janeiro foram concedidos 1.248 ex-tarifários -foram 1.263 no mesmo período de 2011.


O anúncio de ontem atinge bens no total de US$ 1,4 bilhão (R$ 2,8 bilhões), que serão usados em projetos que totalizam US$ 5,8 bilhões em investimentos. Os setores mais beneficiados são o automotivo (19,71% dos investimentos), o siderúrgico (12,50%), o de petróleo (12,22%), o gráfico (10,41%) e o da construção civil (10,35%).


Fonte: Folha de S.Paulo/Mercado