Notícias

País terá medicamento genérico para animais
21/07/2012

 

Lei entra em vigor em 3 meses; estimativa é que haja economia de 35% a 40% para criadores

 

DE BRASÍLIA

Além de medicamentos genéricos para humanos, o país terá a comercialização das cópias veterinárias.


É o que estabeleceu lei sancionada ontem e que entra em vigor em três meses. Até lá, ela será detalhada pelo Ministério da Agricultura.


A pasta também vai ser responsável pelo registro e pela fiscalização dos genéricos e dos similares.


Ainda caberá ao ministério escolher o remédio original de cada categoria a ser tomado como exemplo e confirmar a equivalência da cópia a esse original. "Devem ter a qualidade, a eficácia e a segurança dos convencionais", diz Fernando Silva, do departamento de fiscalização de insumos pecuários da pasta.


Estima-se redução de custos na faixa de 35% a 40%, diz o senador Benedito Lira (PP-AL). Enquanto deputado, Lira foi o autor do projeto.


"Desde o criador de codornas ao grande criador de bovinos, todos terão economia."


O Conselho Federal de Medicina Veterinária, no entanto, alerta para a necessidade de ampliar o número de fiscais do ministério.


(JOHANNA NUBLAT)


Fonte: Folha de S.Paulo/Mercado