Notícias

Dois novos remédios para hepatite C entram no SUS
26/07/2012

 

Drogas são mais eficazes do que a atual

 

DE BRASÍLIA

Pacientes com hepatite C terão acesso a duas novas drogas na rede pública em 2013, disse ontem o Ministério da Saúde. O telaprevir e boceprevir serão usados por pacientes com cirrose e fibrose avançadas, população estimada em 5.500 pessoas.


As duas drogas alcançam até 80% de eficácia, contra os cerca de 40% de sucesso da usada hoje.


"Estamos introduzindo como se fosse um coquetel para as hepatites", disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Segundo ele, outras drogas poderão ser incorporadas no futuro.


A hepatite C, de infecção predominante por transfusões de sangue e compartilhamento de objetos como seringas, responde por cerca de 70% das hepatites crônicas no país, onde cerca de 26 mil pessoas estão em tratamento pelas hepatites B e C.


O anúncio foi feito em cerimônia do dia mundial da luta contra as hepatites, comemorado no sábado. O ministério ainda lançou um edital voltado para tatuadores e manicures, para premiar boas práticas contra a doença.


(JOHANNA NUBLAT)


Fonte: Folha de S.Paulo/Ciência+Saúde