Notícias

Visita a Fernando de Noronha terá cobrança de taxa extra
02/02/2012

 

DE RECIFE
O turista brasileiro que visitar Fernando de Noronha (PE) vai pagar um ingresso extra para entrar na ilha, de R$ 65, ainda neste semestre. Para os estrangeiros, o valor será o dobro: R$ 130.


Até agora, era cobrada apenas uma taxa de preservação ambiental, no valor de R$ 43,20 por dia de visita.


A nova cobrança está prevista no contrato de gerenciamento e exploração turística do Parque Nacional Marinho de Noronha, assinado entre o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), ligado ao Ministério do Meio Ambiente, e a empresa EcoNoronha.


O ingresso terá validade de dez dias e não será cobrado de idosos e crianças de até 11 anos. Parte da arrecadação será revertida na melhoria da infraestrutura turística, como construção de bases de atendimento, trilhas suspensas, deques e substituição da sinalização. Os trabalhos devem começar neste mês.


Na ilha, o fluxo de visitantes é restrito devido à falta de infraestrutura e às exigências ambientais. Da sua área de 17 km², apenas 30% são controlados pelo governo de Pernambuco. O restante integra o parque nacional.


Cerca de 3.500 pessoas vivem no local e, em média, 5.000 turistas passam pela ilha todos os meses. A taxa de preservação é cobrada pelo Estado e o dinheiro arrecadado é aplicado na manutenção da infraestrutura da área controlada pelo governo.


Fonte: Folha de S.Paulo. Cotidiano


Observação: Portaria do Ministério do Meio Ambiente, nº 135 de 30/12/2010