Governador Geraldo Alckmin nomeia 324 policiais técnico-científicos
12/12/2017
Decreto assinado nesta terça-feira (12) será publicado no Diário Oficial; novos agentes passarão por curso de formação

O governador Geraldo Alckmin assinou, nesta terça-feira (12), a nomeação de 324 aprovados em concursos públicos para carreiras da Polícia Técnico-Científica do Estado de São Paulo.

A superintendência receberá 133 peritos criminais, 66 atendentes de necrotério, 65 fotógrafos técnico-periciais, 40 desenhistas técnico-periciais e 20 auxiliares de necropsia.

A próxima etapa será a posse dos nomeados, que deve acontecer dentro de aproximadamente 15 dias. Em seguida, eles iniciarão o curso na Academia de Polícia (Acadepol).

Após a formação, os alunos passarão por um período de estágio probatório. Os profissionais atuarão nos institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML).

A designação para cada região acontecerá de acordo com a classificação final no curso da Academia e a necessidade local. A nomeação será publicada em breve no Diário Oficial.

Investimento

Desde 2011, o governo já contratou 904 policiais científicos: 219 médicos legistas, 337 peritos, 136 auxiliares de necropsia, 50 atendentes de necrotério, 143 fotógrafos e 19 desenhistas.

Apenas em 2017, foram 212 contratações. Além disso, em sete anos, foram adquiridas 487 viaturas para a superintendência – fruto de um investimento de R$ 36,1 milhões.