Museus oferecem conhecimento sobre a área da saúde em São Paulo
11/02/2019
Espaços na capital abrangem diversos temas, como microbiologia, medicina, zoologia e história da saúde pública no Brasil

A cidade de São Paulo é conhecida por sediar museus artísticos importantes como o MASP e a Pinacoteca, mas outras áreas de conhecimento também possuem espaços dedicados a quem tem interesse em aprender. É o caso dos museus da saúde, que abrangem diversos temas como microbiologia, história da medicina e zoologia.

O Museu Biológico, localizado em um edifício histórico do Instituto Butantan, abriga uma coleção zoológica viva e permanente: serpentes, aranhas e escorpiões podem ser vistos em recintos que recriam seu ambiente (biodioramas). Além disso, outros animais, como lagartos, peixes e insetos, também fazem parte da exposição.

O Museu de Microbiologia faz parte do complexo científico e cultural do Instituto Butantan. O espaço abriga uma exposição de longa duração em que os visitantes realizam uma viagem interativa pelo mundo invisível dos microrganismos. O objetivo é estimular a curiosidade e cultura científica para o público em geral, além de divulgar as atividades desenvolvidas pelo Instituto.

História

Criado em 1981, o Museu Histórico foi instalado na cocheira adaptada para abrigar o laboratório onde o médico imunologista Vital Brazil desenvolveu e entregou às autoridades sanitárias as primeiras ampolas de soros antipestosos. A exposição, com cerca de 280 m², apresenta parte do piso e parede originais, e objetos dos laboratórios de pesquisa e da produção do Instituto Butantan.

Outro espaço especializado em história é o Museu de Saúde Pública Emílio Ribas. Instalado em um edifício construído em 1893 e reconhecido como patrimônio cultural de São Paulo, o local abrigou o antigo Desinfectório Central, um dos primeiros equipamentos de saúde pública, cuja presença física estimula a curiosidade sobre o desenvolvimento das ciências biomédicas e das políticas públicas na área da saúde.

Por sua vez, o Museu Histórico “Professor Carlos da Silva Lacaz” tem o objetivo de realizar ações voltadas para a preservação, a investigação e comunicação de seus bens patrimoniais ligados à institucionalização da medicina e das práticas de saúde no Brasil e em São Paulo.

Para isso, o espaço preserva incluindo a coleta, a aquisição, o acondicionamento e conservação desses bens e os divulga por meio de exposições, publicações, projetos educativos e culturais.

Informações sobre ingressos e endereços dos museus podem ser obtidos no portal da Secretaria de Estado da Saúde.